terça-feira, 19 de julho de 2016

Colonoscopia Mitos e Verdades.

 


 A 3 dias atrás fiz uma colonoscopia e desmistifiquei o exame pois morria de medo não sabia muito sobre ele e as histórias que ouvia eram horríveis, verdadeiramente de arrepiar. Então tive medo de tudo, de perfurações, da dor, do dia seguinte, de não acordar e até do preparo. Quando a gente não conhece o que vem pela frente, temi   não conseguir enfrentar. Quando comecei a procurar pela internet por colonoscopia pouco se falava, eram mais linguagens técnicas que não me ajudavam muito. Fugi várias vezes desse exame, fui a outros médicos para saber se era realmente necessário faze-lo.
 Um dia fui a um gastro que me disse tudo que eu queria ouvir, ele me disse que não era necessário fazer de imediato a colono e que eu poderia ir por outros caminhos para poder obter meu diagnótico. Tudo mentira conversa pra boi dormir, eu precisava enfretar meu medo. então resolvi mudar novamente de médico e fiz. Procurei por um gastro sem pedir muita informação ou indicação dos outros,  e achei. No meu próprio bairro mesmo Dra Osana Frozi Coutinho. De início ela me assustou, cheguei e mal comecei a contar e ela falou:_colonoscopia lindinha não tem jeito. Eu tremi dos pés a cabeça, sai do consultório pensando:_Que mulher louca ela mal me ouviu. Achei um absurdo, mas...fui pra casa decidida a fazer o tal exame.
 Na semana anterior ao dia das mães ela me disse que eu começaria meu preparo (primeiro mito), seriam três dias o primeiro eu evitaria algumas frutas, grãos  fibras que são evitadas até o dia do exame o pior dia foi justamente o dia das mães. No domingo tive que fazer a tal dieta liquida, sopa batida e de cor branca, muito gatorade, água de coco enquanto via todos comendo um bom churrascao que maravilha! Mas passou e chegou então a segunda-feira. Na segunda acordei muito cedo pois tinha que tomar o terrível manitol (uma verdade), que remédio horrível não o gosto e sim o que ele provoca senti uma cólica que nunca tinha sentido, o efeito e quase que imediato e demora muito a passar, dá um pouco de enjôo também. Tive que ir para o clinica assim mesmo e ao chegar lá me deparei com masi pessoas que também fariam o mesmo exame, umas estavam iguais a mim com cara de sofrimento pelo efeito do manitol e pelos dias de dieta, mas...outras estavam ao telefone conversando e fazendo caretas que mal pareciam sentir dor de verdade.
 Quando seu intestino está preparado( ou seja quando você já não tem mais nada nele só água) você é preparado para o exame, eu tomei um relaxante e logo depois fui dopada e então desmistifiquei de vez a colono não me lembro de mais nada, não posso nem dizer como é o exame só sei que não senti nada, nem sei como cheguei em casa, lógico que eu estava com meu marido e que quando cheguei dormi.
 No dia seguinte tive um pouco de dor na barriga e meu marido ligou pra médica que me disse que como são injetados gases no intestino era normal, me receitou uns remédios e pronto, passou.
 Hoje sei que antes de ouvir qualquer estória de consultório médico melhor é confiar no seu médico e não absorver tudo o que se ouvi. Se você for passar por uma colonoscopia não tenha medo você nem vai lembrar dela. 

sábado, 10 de dezembro de 2011

Não deixe para amanhã.

Pessoas entram e saem de nossas vidas e o importantes dessas idas e vindas são as marcas deixadas por elas. Muitas vezes ignoramos conselhos, fechamos os olhos para a realidade, damos as costas para quem nos ama, e lá na frente vemos que nada disso faz sentido, que muitas atitudes que tomanos são inválidas quando as colocamos em comparação com a perda a saudades a partida e aí nos damos conta de que não há mais tempo, não há mais volta. Que bom seria se podéssemos voltar ao tempo e dizer EU TE AMO para quem não tivemos coragem, dizer ME PERDOE para quem nos fez algo errado ou até que nós mesmos tivéssemos feito e aí nos damos conta de que não temos esse poder. O melhor mesmo é fazer nossa história mais suave, sem medos, sem arrependimentos, sem deixar pra depois. Tome hoje aquela decisão que queres deixar para amanhã antes que ele não mais exista.

Jesus te ama!!!

Flavia Torres

domingo, 23 de outubro de 2011

Eu por eu mesma.

 Andei pensando em mim e comecei a me "auto analisar" e vi que nem eu mesma consigo me entender. Comecei a ver em mim uma insistência em não errar, em tentar ser perfeita e ao mesmo tempo de tentar ser normal de extravasar de sair por aí cantando e dançando, de dizer pro mundo que "se dane o resto" eu quero é ser feliz. Mas não consigo volto pro meu mundo e vejo que talvez eu seja sim feliz mas, sempre me cobro demais, sempre me puno por tudo, sempre me queixo por tão pouco e acabo deixando todos ao meu redor loucos, pois por muitas vezes substituo a minha falta de coragem por acusações. Ponho a culpa no mundo por não ser o que quero ser, ponho a culpa no mundo por não conseguir o quero e quando recupero minha sã consciência vejo que sou eu a culpada por mim e que por muitas vezes nem existe um "porquê" de tanta punição e tanta culpa as coisas acontecem na nossa vida quando Deus assim permite.
Ser feliz independe do dia, das pessoas ao redor, da situação financeira, de livro interessante, de um filme engraçado, de um momento sozinho(a), ser feliz é ser livre, livre de rótulos, livre do medo, livre da sua própria acusação. Hoje tento ser feliz todos os dias talvez isso nem mesmo aconteça mas o importante é que dessa maneira tentando ser feliz todos os dias não encontro tempo para me corrigir sempre, quero a felicidade sem que ela tenha que vir com brindes. Minhas realizações são consequência dela, meus sonhos serão realizados no momento em que Deus quiser e me der oportunidades para que eu possa realizá-los mas se demorar continuarei lutando, nem sempre os nossos sonhos são o melhor para nós. Tenho dois filhos lindos um marido que me ama e me respeita,  preciso me focar em algo e lutar por isso, um passo de cada vez, dia após dia talvez não tenha a felicidade todos os dias mas... tento ser feliz todos os dias da minha vida.

Dona Maria não, Mulher! Headline Animator