domingo, 26 de junho de 2011

A mulher na sua essência.

 Quando fiz meus vinte anos eu já pensava nos trinta e acreditava que ao chegar aos trinta anos me sentiria uma velha e que não teria mais aquela beleza firme sem esforço dos vinte anos. Aos trinta eu teria que me encharcar de cremes e hidratantes pois o brilho da minha pele não seria mais o mesmo, eu morria de medo dos trinta anos. Trinta anos, quando eu ainda estava nos vinte era sinônimo de começo da velhice, as mulheres de trinta eram chamadas de "tia", isso pra mim era a morte.Um belo dia me deparei na porta dos temidos trinta anos. Me olhei no espelho e vi uma mulher mais forte, mais corajosa, com um brilho realmente diferente diria até muito mais atraente que o brilho dos vinte. Vi que a mulher de trinta anos é linda, a sua essência que antes tinha cheiro de lavanda passa a ter um cheiro forte, inesquecível, atraente marcante como o buquê do melhor vinho que por muitas vezes encanta e atrai como por magia seus admiradores. A mulher de trinta desperta onde passa uma sensação de mistério, todos querem saber seus segredos, seus desejos, seus temores e amores. Querem descobrir seus sonhos e experimentar da sua juvenilidade agora com mais sabor certa dos seus temperos.
 Hoje ao me olhar no espelho vejo que os trinta me deram um olhar mais "sexy" e muito mais seguro de sua direção.
 Olhando fotos de mulheres como Glória Pires eu entendo que mulher não se mede por idade, pois como o mais doce dos vinhos ela com o passar dos anos se torna muito mais atraente e seu perfume é incomparável exala desejo, força, beleza, mistério.Mulher não se lê, se entende e ponto final. Pelo contrário, mulher se conhece não se entende e não existe ponto final, apenas tente conhecê-la e não entendê-la pra quê? Afinal conhecer cada pontinho é muito melhor. Muitas vezes falamos não "temos medo de rugas" mais na verdade quanto mais tempo longe delas melhor.
Então que venham os quarenta, cinquenta, que venham as rugas, que venham os "tias" pois hoje eu sei desfrutar da minha essência de mulher.





 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dona Maria não, Mulher! Headline Animator