Postagens

Em tempos de crise.

E aí amores tudo na paz?
 Comigo tudo bem dentro do possível!
 Estou na luta pra continuar com meu salão aberto cada dia um dilema. Gente como é difícil manter um comércio aberto e nesse tempos de crise (que por sinal parece não ter fim) se tornou mais difícil ainda. Tenho feito novos cursos, tenho buscado novidades, tenho visitado feiras, lido sobre gestão de salão de beleza mesmo sabendo que o meu é bem pequeno. Mas não tenho visto retorno de nada e lá se vão quase dois anos de portas abertas. Consegui nova clientela (fiz amigas) mas mesmo assim não é o suficiente para se manter aberto o salão. E isso está me entristecendo em pouco é um sonho que vejo como se estivesse sumindo se desintegrando aos poucos. Não consigo me imaginar dona daqueles salões que a pessoa passa, olha e lá está aquele profissional fossilizado pelo tempo... sim pq a pessoa passa tanto tempo parado esperando o salão encher que vira um fóssil sentado na cadeira. Tenho horror só de pensar.
 Além disso eu vejo ta…

Estou de volta e agora profissional Cabeleireira!

Olá meu povo, quanto tempo !!!
 E aí quais as novidades vocês têm pra mim?
 Eu to cheia de novidades, primeira delas é que VOLTEEEEI ÊEEEEH😎 !!! 
 Então... brincadeiras à parte, tenho várias coisas pra contar uma delas, é que hoje sou Cabeleireira e estou amando essa profissão. É engraçado falar assim tão simples sendo que não foi tão rápido e simples assim desde a minha última postagem quando vi que eu estava com uma vida parada e sem pensar um nada que pudesse mudar um pouco isso. Bom vamos lá, vou falar um pouco sobre como toda essa virada começou na minha vida.
 Eu sempre gostei muito de cuidar do meu cabelo, e minha condição financeira não me dava o luxo de viver em salão, o máximo que ia era de seis em seis meses pra "retocar" minha progressiva. E durante o período que ficava sem ir eu tratava de cuidar, hidratar, nutrir, restaurar etc. E ainda arriscava uns cortes (abafa que fiz várias besteiras e me achava a profissional) mas nessas poucas idas ao cabeleireiro num bate…

Colonoscopia Mitos e Verdades.

Imagem
A 3 dias atrás fiz uma colonoscopia e desmistifiquei o exame pois morria de medo não sabia muito sobre ele e as histórias que ouvia eram horríveis, verdadeiramente de arrepiar. Então tive medo de tudo, de perfurações, da dor, do dia seguinte, de não acordar e até do preparo. Quando a gente não conhece o que vem pela frente, temi   não conseguir enfrentar. Quando comecei a procurar pela internet por colonoscopia pouco se falava, eram mais linguagens técnicas que não me ajudavam muito. Fugi várias vezes desse exame, fui a outros médicos para saber se era realmente necessário faze-lo.
 Um dia fui a um gastro que me disse tudo que eu queria ouvir, ele me disse que não era necessário fazer de imediato a colono e que eu poderia ir por outros caminhos para poder obter meu diagnótico. Tudo mentira conversa pra boi dormir, eu precisava enfretar meu medo. então resolvi mudar novamente de médico e fiz. Procurei por um gastro sem pedir muita informação ou indicação dos outros,  e achei. No meu …

Não deixe para amanhã.

Pessoas entram e saem de nossas vidas e o importantes dessas idas e vindas são as marcas deixadas por elas. Muitas vezes ignoramos conselhos, fechamos os olhos para a realidade, damos as costas para quem nos ama, e lá na frente vemos que nada disso faz sentido, que muitas atitudes que tomanos são inválidas quando as colocamos em comparação com a perda a saudades a partida e aí nos damos conta de que não há mais tempo, não há mais volta. Que bom seria se podéssemos voltar ao tempo e dizer EU TE AMO para quem não tivemos coragem, dizer ME PERDOE para quem nos fez algo errado ou até que nós mesmos tivéssemos feito e aí nos damos conta de que não temos esse poder. O melhor mesmo é fazer nossa história mais suave, sem medos, sem arrependimentos, sem deixar pra depois. Tome hoje aquela decisão que queres deixar para amanhã antes que ele não mais exista.

Jesus te ama!!!

Flavia Torres

Eu por eu mesma.

Andei pensando em mim e comecei a me "auto analisar" e vi que nem eu mesma consigo me entender. Comecei a ver em mim uma insistência em não errar, em tentar ser perfeita e ao mesmo tempo de tentar ser normal de extravasar de sair por aí cantando e dançando, de dizer pro mundo que "se dane o resto" eu quero é ser feliz. Mas não consigo volto pro meu mundo e vejo que talvez eu seja sim feliz mas, sempre me cobro demais, sempre me puno por tudo, sempre me queixo por tão pouco e acabo deixando todos ao meu redor loucos, pois por muitas vezes substituo a minha falta de coragem por acusações. Ponho a culpa no mundo por não ser o que quero ser, ponho a culpa no mundo por não conseguir o quero e quando recupero minha sã consciência vejo que sou eu a culpada por mim e que por muitas vezes nem existe um "porquê" de tanta punição e tanta culpa as coisas acontecem na nossa vida quando Deus assim permite.
Ser feliz independe do dia, das pessoas ao redor, da situaçã…

O amor chegou aos trinta.

Imagem
Hoje acordei com aquela vontade de escrever, de voltar a postar no blog, de voltar a falar sobre mim a compartilhar minha passagem.
Acredito que nada na nossa vida acontece por acaso, as perdas os ganhos, nada acontece por acaso.Acredito que Deus escreve cada capítulo da nossa novela e deixa lá página por página, algumas ele deixa em branco pra completar depois quem sabe daquela atitude que tivemos ao acordar e resolver lutar. Resolver dizer sim a nós mesmos e dizer não quando for necessário.
 Hoje acordei olhando o mundo de uma maneira diferente e notei que depois dos 30 comecei a ver a vida de outra maneira. Notei que não amo como antes e comecei a lembrar de como era o amor. Na adolescencia o amor é inconcequente, parece ser único, é inacabável a gente acredita que será esse o "pra toda a minha vida", eu tinha sempre que olhar pro lado e saber que ele estava lá e aí me sentia mais segura, o amor na adolescia é gostoso é sofrido, tem cheiro de poesia, cheiro de orvalho e …