Eu por eu mesma.

 Andei pensando em mim e comecei a me "auto analisar" e vi que nem eu mesma consigo me entender. Comecei a ver em mim uma insistência em não errar, em tentar ser perfeita e ao mesmo tempo de tentar ser normal de extravasar de sair por aí cantando e dançando, de dizer pro mundo que "se dane o resto" eu quero é ser feliz. Mas não consigo volto pro meu mundo e vejo que talvez eu seja sim feliz mas, sempre me cobro demais, sempre me puno por tudo, sempre me queixo por tão pouco e acabo deixando todos ao meu redor loucos, pois por muitas vezes substituo a minha falta de coragem por acusações. Ponho a culpa no mundo por não ser o que quero ser, ponho a culpa no mundo por não conseguir o quero e quando recupero minha sã consciência vejo que sou eu a culpada por mim e que por muitas vezes nem existe um "porquê" de tanta punição e tanta culpa as coisas acontecem na nossa vida quando Deus assim permite.
Ser feliz independe do dia, das pessoas ao redor, da situação financeira, de livro interessante, de um filme engraçado, de um momento sozinho(a), ser feliz é ser livre, livre de rótulos, livre do medo, livre da sua própria acusação. Hoje tento ser feliz todos os dias talvez isso nem mesmo aconteça mas o importante é que dessa maneira tentando ser feliz todos os dias não encontro tempo para me corrigir sempre, quero a felicidade sem que ela tenha que vir com brindes. Minhas realizações são consequência dela, meus sonhos serão realizados no momento em que Deus quiser e me der oportunidades para que eu possa realizá-los mas se demorar continuarei lutando, nem sempre os nossos sonhos são o melhor para nós. Tenho dois filhos lindos um marido que me ama e me respeita,  preciso me focar em algo e lutar por isso, um passo de cada vez, dia após dia talvez não tenha a felicidade todos os dias mas... tento ser feliz todos os dias da minha vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Colonoscopia Mitos e Verdades.

Não deixe para amanhã.

A mulher na sua essência.