O amor chegou aos trinta.

 Hoje acordei com aquela vontade de escrever, de voltar a postar no blog, de voltar a falar sobre mim a compartilhar minha passagem.
Acredito que nada na nossa vida acontece por acaso, as perdas os ganhos, nada acontece por acaso.Acredito que Deus escreve cada capítulo da nossa novela e deixa lá página por página, algumas ele deixa em branco pra completar depois quem sabe daquela atitude que tivemos ao acordar e resolver lutar. Resolver dizer sim a nós mesmos e dizer não quando for necessário.
 Hoje acordei olhando o mundo de uma maneira diferente e notei que depois dos 30 comecei a ver a vida de outra maneira. Notei que não amo como antes e comecei a lembrar de como era o amor. Na adolescencia o amor é inconcequente, parece ser único, é inacabável a gente acredita que será esse o "pra toda a minha vida", eu tinha sempre que olhar pro lado e saber que ele estava lá e aí me sentia mais segura, o amor na adolescia é gostoso é sofrido, tem cheiro de poesia, cheiro de orvalho e é inabalável. Já o amor dos 20 anos é misterioso nunca sabemos se está ali do nosso lado realmente mas...sentimos, queremos, desejamos o amor dos 20 é engraçado, é rico em sentimentos se mistura fácil com desejo e nos anestesia, nos nostalgia, nos faz rir da mesma situação que nos faz chorar mas, nos faz pensar, se ele sumir será que sobreviveremos? Aos 30 o amor sofre outra metamorfose, ele agora é maior, mais intenso eu diria até mais denso conserva ainda a poesia e o calor dos 20, mas muito mais seguro, o amor dos 30 levanta a nossa cabeça e nos faz ver que aquela insegurança do passado ficou lá e vemos que se ele não estiver ali do nosso lado tanto faz continuaremos juntos e amando,se perdemos sabemos que vai doer vai trazer sofrimento mas, vai passar. O amor dos 30 tem um olhar penetrante firme e o mais lindo desse amor é a independência.
Hoje vejo que o amor é indispensável mas mesmo tão independente ainda conserva a inconsequencia da adolescencia e o calor dos vinte anos.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Colonoscopia Mitos e Verdades.

Não deixe para amanhã.

A mulher na sua essência.